Olimpíadas Universitárias se firmam como um dos principais eventos esportivos do país
O ESTADO DE SÃO PAULO CONQUISTA O TETRACAMPEONADO DO
TROFÉU EFICIÊNCIA, NA CIDADE DE MACEIÓ, EM ALAGOAS.

A quarta edição das Olimpíadas Universitárias, realizada em Maceió, Estado de Alagoas, entre os dias 20 e 29 de junho, contou com a representação
de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal. Mais de 3.400 atletas
e 400 instituições de Ensino Superior competiram em 19 instalações esportivas, nas 8 modalidades programadas (basquete, futsal, handebol,
judô, natação, vôlei, atletismo e xadrez). O evento, organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em parceria com o Ministério do Esporte, sob a direção técnica da Confederação de Desporto Universitário (CBDU) e o apoio das Organizações Globo, vem se firmando, desde sua primeira
edição, como um dos principais acontecimentos esportivos do país. Um evento dessa magnitude é importante, mas há muito que avançar. A utilização pelas universidades de atletas formados em clubes, visando
a projeção da instituição propiciada pelas vitórias esportivas, ainda é grande. Tal prática torna a competição desigual e os resultados nem sempre refletem a realidade do nível de organização. Está por se fazer um mapa da realidade do esporte universitário e por se implementar uma política adequada para um desenvolvimento esportivo consistente. BRILHO PAULISTA Nessa edição, brilhou novamente a Federação Universitária Paulista de Esportes. O Estado de São conquistou o Troféu Eficiência, prêmio dado à federação estadual cujos atletas têm em conjunto a melhor atuação nas Olimpíadas Universitárias. Pela ordem de classificação, São Paulo foi seguido por Santa Catarina, Rio de Janeiro, Pernambuco e Paraná. Em relação às instituições de ensino, o destaque ficou com a Universidade Paulista (UNIP), que teve a melhor campanha do evento. O segundo
lugar ficou com a Uni Sant’Anna, também de São Paulo, e o terceiro, com a Faculdade Maurício de Nassau, de Pernambuco. Já existem várias candidatas a sediar as próximas Olimpíadas Universitárias, em 2009.
A cidade paranaense de Maringá enviou um representante à Maceió, para acompanhar o trabalho de organização do evento. Fortaleza, Ceará, e João Pessoa, Paraíba, também se candidataram. Uma comissão do COB e da CBDU analisa as instalações esportivas e o projeto de cada candidata a
cidade-sede.

IR PARA O SUMÁRIO DESTA EDIÇÃO

PÁGINA INICIAL